Presidente do Comité Olímpico Cabo-verdiano distinguida com Medalha da “Ordem Olímpica Africana” em Argel

A presidente do Comité Olímpico Cabo-verdiano, Filomena Fortes, acaba de ser distinguida, em Argel, com a medalha da Ordem Olímpica Africana, distinção que acontece no âmbito da Assembleia Geral da Associação de Comité Olímpicos Africano (ACNOA) que decorre naquele país africano, em paralelo aos Jogos Africanos da Juventude.

Um grande reconhecimento para o país que tem sido sempre referenciado pelo trabalho desenvolvido em prol do Olimpismo no Continente Africano.

Grandes ganhos tem sido alcançados com a presidência de Filomena Fortes à frente do Comité Olímpico Cabo-verdiano, nomeadamente a receção de eventos desportivos e não só de grande nível, divulgação dos valores olímpicos na sociedade através de projetos sociais, sendo sempre exemplo em boa governança e transparência junto à organismos internacionais.

De Argel a Presidente diz-se orgulhosa por ter recebido o prémio em nome do Comité Olímpico e agradece toda a equipa, que por trás tem feito um trabalho notável, para que tudo isso fosse hoje realidade.

Este prémio numa feliz coincidência foi atribuído, hoje, no dia que o Comité Olímpico completa 29 anos de existência, com a fundação a 17 de Julho de 1989.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *