Presidente do Comité Olímpico Internacional Thomas Bach visita Cabo Verde

Estará de visita a Cabo Verde, a 11 de novembro deste ano, o presidente do Comité Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, no âmbito de uma digressão que fará a países africanos. 

Esta visita deve-se ao fato do Presidente ficar impressionado com a dinâmica, que o Comité Olímpico Cabo-verdiano (COC) tem tido nos últimos anos, mesmo com uma equipa tão pequena e que tem aproveitado enormemente dos programas da Solidariedade Olímpica, para concretizar projetos de sucesso e de renome internacional.

O propósito desta visita é, acima de tudo, inteirar-se das atividades desenvolvidas pelo Comité Olímpico Cabo-verdiano, conforme cita o comunicado enviado ao COC, além de contatos com os bolseiros da Solidariedade Olímpica, as Federações e também com as entidades nacionais, nomeadamente o Primeiro-ministro e Ministro dos Desportos,

Esta será a segunda vez que Cabo Verde recebe uma visita do presidente da maior organização desportiva do mundo, fato que orgulha a toda a comunidade desportiva nacional e principalmente o Comité Olímpico Cabo-verdiano.

A primeira visita de um presidente do Comité Olímpico Internacional a Cabo Verde, neste caso, Juan Antonio Samaranch, teve lugar em 1994, ainda quando o Comité Olímpico Cabo-verdiano era presidido por Antero Barros.

O Comité Olímpico regozija-se enormemente com a visita do Presidente Thomas Bach, confiante do trabalho que tem desenvolvido em prol do Movimento Olímpico no País e em toda a África.

1 comentário em “Presidente do Comité Olímpico Internacional Thomas Bach visita Cabo Verde

  1. Orlando José Mascarenhas Responder

    Trata-se de uma visita extremamente importante em homenagem ao Desporto de Cabo Verde e ao trabalho do Comité Olímpico Cabo.verdiano e dos Atletas, Entidades e Autoridades Desportivas Nacionais.
    Deve-se organizar uma recepção ao nível de tão prestigiada Entidade Desportiva do COMITÉ OLÍMPICO INTERNACIONAL- o seu PRESIDENTE.
    A participação dos atletas,clubes, associações, federações, dirigentes desportivos, Comité Olímpico Cabo-verdiano e Governo será de extrema importáncia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *