Fundação Olímpica de Refugiados assina acordo com governo francês

O presidente da Fundação Olímpica de Refugiados  (ORF), Thomas Bach, e Roxana Maracineanu, a Ministra do Desporto da França, assinaram um acordo em Lausanne, Suíça, na segunda-feira, 15 de fevereiro de 2021, confirmando o apoio financeiro da França para o trabalho da ORF.

O Comité Olímpico Internacional (COI) apoia refugiados por meio do desporto desde 1994, em parceria com a Agência das Nações Unidas para Refugiados (ACNUR). Em 2016, a primeira Equipa Olímpica de Refugiados do COI participou dos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro, e o Solidariedade Olímpica continua apoiando mais de 50 atletas refugiados de todo o mundo por meio de bolsas de estudo.

A fundação da ORF em 2017 pelo COI marcou o início de um novo capítulo no apoio contínuo do COI aos refugiados por meio do desporto. A ORF usa o desporto para proteger e apoiar jovens afetados pelo deslocamento de populações em todo o mundo e acredita em uma sociedade onde todos podem encontrar seu lugar, graças ao desporto. Atualmente, 200.000 jovens em seis países estão a beneficiar de programas desportivos destinados a melhorar seu bem-estar e inclusão social. A ORF também trabalha com mais de 80 organizações como parte da Sport for Refugees Coalition para melhorar o acesso ao desporto.

“Este acordo permitirá que a ORF alcance sua meta de expansão para áreas urbanas e, desta forma, alcance não apenas refugiados e migrantes, mas também suas comunidades anfitriãs, construindo solidariedade”, disse o presidente da ORF e presidente do COI, Bach. “Gostaria de agradecer em particular ao Presidente Emmanuel Macron, que foi o iniciador deste apoio à Fundação Olímpica de Refugiados  do lado francês, e ao seu governo.”

“Estou convencida de que o desporto é uma ferramenta poderosa de integração e emancipação”, disse Roxana Maracineanu. “Também estou orgulhosa de que, olhando para Paris 2024, o governo francês está trabalhando lado a lado com a Fundação do COI para apoiar – por meio do desporto – migrantes e refugiados hospedados em nosso país.”

A ORF vem trabalhando há vários meses, em colaboração com o Ministério do Desporto da França, Paris 2024, a cidade de Paris e uma série de ONGs francesas e internacionais, para apoiar refugiados através do desporto, na França, com vista ao lançamento de atividades e programas na região de Paris, ao longo de 2021.

A meta da ORF é fornecer a um milhão de jovens afetados pelo deslocamento o acesso ao desporto até 2024.

Foto: IOC –  Greg Martin

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *